segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Sentados a receber o sol que entrava através dos vidros, conseguimos começar a divagar acerca das nossas próprias vidas.  [Algo muito raro nas pessoas.]
Engraçado é que tem sido sempre assim. A nossa vida. A nossa cumplicidade. A nossa amizade.


Achei engraçado pelo facto de ter sido num sitio confortável. Pelo ambiente agradável. E por sentir que estava numa sala de estar a receber o calor de uma lareira e a beber um chá quente na presença de alguém que me cativava cada vez mais a cada palavra que dizia. Como se eu fosse muito pequena e de um contador de historias se tratasse. Mas não. Eras tu e estávamos num sitio publico. Estava vidrada no nosso dialogo e, agora, tenho plena noção que se alguém o interrompesse eu iria "rosnar". Não seria justo quebrar o nosso raciocínio naquele momento. Nem a nossa vontade de exprimir tudo o que tínhamos engasgado há imenso tempo.

E ali ficamos. Muitos segundos. Muitos minutos. Muitas horas...

1 comentário:

Cris ♥ disse...

momentos simples e preciosos ;)